Preço do arroz gaúcho sobe 1% com maior interesse da indústria

93

     Porto Alegre, 25 de outubro de 2019 – O preço do arroz reagiu na quarta semana de outubro. Na média do Rio Grande do Sul, principal referencial nacional, a saca de 50 quilos encerrou o dia cotada a R$ 46,18, com alta de 0,98% na semana. Acumula também ganho de 1,58% frente ao mês anterior.

     Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana, os negócios voltaram a ficar mais lentos no país, com produtores elevando suas pedidas pelo cereal. “Já as indústrias, com necessidade de compra para as próximas semanas, entraram mais forte no mercado”, acrescenta.

     Apesar da queda do dólar nesta semana, os preços internos foram sustentados pela menor oferta doméstica e pela necessidade de importação por parte das indústrias e varejo. “A principal origem do arroz importado pelo mercado brasileiro deve seguir sendo o Paraguai”, ressalta Viana.

     Estima-se que a produção de arroz em casca no Paraguai para próxima safra seja de 1,1 milhão de toneladas, segundo dados da Câmara de Industriais do Paraguai de arroz (Caparroz). Consumindo menos de 220.000 toneladas de produto em base casca anualmente, todo o restante é destinado a vários mercados de exportação. “O principal destino segue sendo o Brasil, onde aproximadamente 60% do volume exportado acaba sendo comercializado”, lembra o analista.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA