BC da Argentina adota novos limites para compra de dólares após eleições

94

     Porto Alegre, 28 de outubro de 2019 – O banco central da Argentina adotou novos limites para a compra de dólares no país. Segundo a nova diretiva, cada argentino poderá comprar até US$ 200 por mês, e para valores maiores será necessário pedir autorização.

     O limite de US$ 200 é para as aquisições atreladas a uma conta em pesos. Para compras em espécie, o limite é de US$ 100 mensais. Os limites não são cumulativos e serão aplicados levando em consideração as aquisições de dólares feitas em outubro.

     O banco central argentino também determinou que pessoas físicas e jurídicas não residentes na Argentina terão direito a comprar até US$ 100 por mês, e disse que aqueles que já compraram mais de US$ 200 e menos de US$ 10 mil em outubro não serão penalizados.

     O objetivo da medida, segundo o comunicado divulgado ontem pelo banco central argentino, é “manter a estabilidade cambial e proteger as reservas diante do grau de incerteza”.

     “Esta norma é transitória, mantém a plena liberdade para extrair dólares de contas bancárias, tanto para pessoas físicas como jurídicas, não afeta o normal funcionamento do comércio exterior nem do turismo”, acrescentou. As informações são da Agência CMA.

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA