Copom decidiu reforçar cautela em novos cortes de juros, diz ata

88

     Porto Alegre, 5 de novembro de 2019 – O Comitê de Política Monetária (Copom) manteve, na ata da reunião da semana passada, a preferência por explicitar condicionalidades sobre a evolução da condução da taxa básica de juros, de modo a transmitir a racionalidade econômica que guia as decisões do Banco Central. Desse modo, o Copom julgou ser fundamental reiterar que a comunicação mais recente, do encontro de outubro, não restringe as próximas decisões, que dependem da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções de inflação.

     Assim, os membros do Comitê decidiram reforçar que o atual estágio do ciclo econômico recomenda “cautela” em eventuais novos ajustes no grau de estímulo. De qualquer forma, o BC decidiu comunicar sua avaliação de que a consolidação do cenário benigno para a inflação prospectiva deve permitir um ajuste adicional, de igual magnitude, na próxima reunião do Copom, em dezembro. Em seguida, então, o Comitê discutiu os benefícios de oferecer alguma sinalização para além da próxima reunião, explicitando as condicionalidades. As informações são da Agência CMA.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA