Mercado de soja deve ter poucos negócios, aguardando USDA de sexta

110

    Porto Alegre, 6 de novembro de 2019 – O mercado brasileiro de soja deverá ter mais um dia sem grandes mudanças no Brasil. A tendência é de mais um dia de poucos negócios e de preços apresentando leves variações, predominando a estabilidade. O dólar segue abaixo de R$ 4,00 e Chicago registra alta moderada. Os produtores seguem priorizando o plantio e aguardando os dados mensais do USDA, que serão divulgados na sexta.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em janeiro apresentam alta de 0,05%, a US$ 9,34 por bushel.

* O mercado esboça uma reação frente às perdas de ontem. Porém, os ganhos são limitados pela previsão de clima favorável à colheita nos Estados Unidos.

* Os negociadores também começam a buscar um melhor posicionamento frente ao relatório de novembro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será divulgado na sexta, 8.

USDA

* Analistas consultados pelas agências internacionais apostam que o USDA indicará produção americana em 2019 de 3,513 bilhões de bushels, contra 3,550 bilhões indicados em outubro e 4,528 bilhões do ano anterior.

* Em relação aos estoques de passagem, o USDA deverá reduzir a sua estimativa para a temporada 2019/20 de 460 milhões para 429 milhões de bushels.

* Os estoques globais da oleaginosa deverão ser elevados de 109,9 milhões de toneladas para 110,3 milhões de toneladas em 2018/19. Para a próxima temporada, a expectativa é de estoques de 95 milhões, contra 95,2 milhões projetados em outubro.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para novembro ficou em 80 a 95 pontos acima de Chicago. Para fevereiro, o valor é de 48 a 52 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial opera em queda frente ao real com o mercado doméstico atento ao megaleilão do pré-sal, daqui a pouco, com forte expectativa de entrada de recursos estrangeiros no País.

* O Senado tentará avançar na inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência, enquanto no exterior, os mercados monitoram os avanços no acordo que Estados Unidos e China devem fechar ainda este mês em relação a guerra comercial entre os países.

* Às 9h51 (de Brasília), a moeda norte-americana operava em queda de 0,22% no mercado à vista, cotada a R$ 3,9840 para venda, enquanto o contrato para dezembro caía 0,26%, a R$ 3,9900. Lá fora, o Dollar Index recuava 0,14%, aos 97,843 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As bolsas da Ásia fecharam mistas. Xangai, -0,43%; e Tóquio, +0,22%

* As principais bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,33%; Frankfurt, +0,16% e Londres, +0,07%.

* O petróleo opera em baixa. Dezembro do WTI em NY: US$ 56,92 o barril (-0,59%).

* O Dollar Index registra baixa de 0,19%, a 97,79 pontos.

MERCADO INTERNO

* O mercado brasileiro de soja teve um dia de preços estáveis e poucos negócios. Dólar e Chicago recuaram e afastaram os negociadores. O plantio continua sendo a prioridade neste momento.

* Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos seguiu em R$ 83,00. Na região das Missões, a cotação ficou em R$ 82,50. No porto de Rio Grande, o preço baixou de R$ 88,50 para R$ 88,00.

* Em Cascavel, no Paraná, o preço estabilizou em R$ 83,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca permaneceu em R$ 88,50.

* Em Rondonópolis (MT), a saca avançou de R$ 79,50 para R$ 80,00. Em Dourados (MS), a cotação aumentou de R$ 80,50 para R$ 81,50. Em Rio Verde (GO), a saca seguiu em R$ 80,00.

AGENDA

– Dados de produção e exportação de máquinas agrícolas em outubro – Anfavea, a partir das 11hs.

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

—–Quinta-feira (7/11)

– A FGV divulga às 8h os dados do Indice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) referentes a outubro.

– O IBGE divulga às 9h os dados sobre o Indice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) referentes a outubro.

– O IBGE divulga às 9h os dados sobre o Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referentes a outubro.

– Alemanha:  A produção industrial de setembro será publicada às 4h pelo Ministério de Economia e Tecnologia.

– Reino Unido:  A decisão de política monetária será publicada às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Reino Unido:  O Relatório de Inflação, documento trimestral com projeções para a economia, será publicado às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Estimativa para a safra global de grãos – AMIS/FAO, início do dia.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (8/11)

– Alemanha:  O resultado da balança comercial e do balanço de pagamentos de setembro será publicado às 4h pelo Destatis.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– Relatório de novembro de oferta e demanda dos EUA e mundial – USDA, 14hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução do plantio de soja no Brasil -SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

      Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA