Milho segue com preços firmes no mercado brasileiro

81

     Porto Alegre, 8 de novembro de 2019 – O mercado brasileiro de milho segue com preços firmes. “Uma sinalização evidente deste quadro foi o resultado do leilão da quinta para o Mato Grosso. Com isso, o mercado físico se mantém firme, com ofertas mais altas”, disse o analista de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari. 

     No Porto de Paranaguá, o preço ficou em R$ 40,00/43,00 a saca. Em Santos, o preço girou em torno de R$ 40,00/43,00 a saca.

     No Paraná, a cotação ficou em R$ 39,00/40,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 42,00/43,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 45,00 / 46,00 a saca.

     No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 44,00/45,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 40,00/42,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 35,00/37,00 a saca em Rio Verde, no disponível. Em Mato Grosso, preço ficou a R$ 29,00/35,00 a saca em Rondonópolis, para o disponível.

     A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), negociou 93,95%, ou 46.974,371 toneladas de milho em grãos, das 50 mil toneladas ofertadas, com origem em Mato Grosso, no leilão de venda de aviso 163/2019, realizado na manhã de hoje. Outra operação com o mesmo volume vai ocorrer no dia 14.

     O plantio de milho verão da safra 2019/20 no Brasil atingia 68,5% da área estimada de 3,936 milhões de hectares até o dia 1o de novembro, segundo levantamento de SAFRAS & Mercado.

     O plantio atinge 95% no Rio Grande do Sul, que teve a área estimada em 1,113 milhão de hectares. Em Santa Catarina, o plantio está em 92% da área prevista de 659 mil hectares. No Paraná o cultivo está 93% concluído na área estimada de 482 mil hectares.

     Em São Paulo os trabalhos alcançam 48% da área estimada de 343 mil hectares. Em Mato Grosso do Sul o plantio atinge 43% da área prevista de 30 mil hectares. Em Goiás/Distrito Federal os trabalhos estão completos em 25% da área. Em Minas Gerais o plantio atinge 18% da área, estimada em 905 mil hectares. No Mato Grosso o plantio também chegou a 30% da área, prevista em 81 mil hectares.

     No mesmo período do ano passado o plantio estava concluído em 75% da área estimada de 4,057 milhões de hectares.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA