Algodão apresenta altas no Brasil seguindo ganhos de NY

160

    Porto Alegre, 12 de dezembro de 2019 – Ainda contando com o suporte da paridade de exportação e, refletindo os ganhos expressivos na Bolsa de Nova York, os preços domésticos do algodão encerraram em alta nesta quinta-feira no Brasil. A indicação no CIF de São Paulo ficou em R$ 2,65/libra-peso, valor 0,23% superior ao do fechamento anterior. Comparado ao mesmo momento do mês passado acumula alta de 3,91%. Nas regiões de produção do Mato Grosso as indicações oscilam entre R$ 2,49 e R$ 2,55 por libra-peso. No FOB de Santos a indicação ficou em 66,17 cents de dólar por libra-peso (c/lb), valor 1,43% inferior ao do contrato de maior liquidez negociado na Ice Futures. Há um mês era 4,96% inferior e há um ano 2,78%.

     Nova York

A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mais altos nesta quinta-feira.

     O mercado recebeu sustentação das notícias indicando que a fase um de um acordo comercial entre Estados Unidos e China está muito próxima de ser concluída. A valorização do petróleo e boas vendas semanais norte-americanas de algodão completaram o cenário altista, como ressalta o consultor de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento.

     As vendas líquidas norte-americanas de algodão (upland), referentes à temporada 2019/20, iniciada em 1o de agosto, ficaram em 227.100 fardos na semana encerrada em 5 de dezembro. Representa um avanço de 69% frente à semana anterior e de 9% sobre a média das últimas quatro semanas. O maior importador foi a Turquia, com 80.100 fardos. Para a temporada 2020/21, ficaram em 6.600 fardos. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

     Os contratos com entrega em março/2020 fecharam a 67,17 centavos de dólar por libra-peso, com valorização de 1,29 centavo, ou de 1,9%. Maio/2020 fechou a 68,11 centavos, com ganho de 1,16 centavo, ou de 1,7%.

     Câmbio

     O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com baixa de 0,67%, sendo negociado a R$ 4,0940 para venda e a R$ 4,0920 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,0830 e a máxima de R$ 4,1320.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA