Preços do café tendem a subir nessa sexta no Brasil

211

Porto Alegre, 19 de dezembro de 2019 – O mercado brasileiro de café deve ter preços ajustados para cima nessa sexta-feira, devido à combinação de dólar e Nova York em alta. Mas os negócios permanecerão limitados, em meio à volatilidade externa e à aproximação das festas de final de ano.

 

NOVA YORK

 

* Os contratos com vencimento em março operam a 128,955 centavos de dólar por libra-peso, com valorização de 1,29%.

 

* Os contratos para março fecharam nesta quarta-feira a 127,20 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 6,00 centavos, ou de 4,5%.

 

CÂMBIO

 

* O dólar comercial registra valorização de 0,24% a R$ 4,073.

 

INDICADORES FINANCEIROS

 

* As bolsas da Ásia fecharam em baixa. Xangai, -0,4%; e Tóquio, -0,2%.

 

* As principais bolsas na Europa operam firmes. Paris, +0,52%; Frankfurt, +0,5% e Londres, +0,21%.

 

* O petróleo opera em baixa. Janeiro do WTI em NY: US$ 60,98 o barril (-0,32%).

 

* O Dollar Index registra alta de 0,13% a 97,51 pontos.

 

MERCADO INTERNO

 

* O mercado físico brasileiro de café apresentou preços acentuadamente mais baixos nesta quinta-feira. Com a forte queda do arábica na Bolsa de Nova York e do robusta em Londres, as cotações no Brasil despencaram também. E tanto vendedores quanto compradores se afastaram das negociações, com mercado travado.

 

* No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa ficou em R$ 515,00/520,00 a saca, contra R$ 540,00/545,00 de ontem. No cerrado mineiro, preço de R$ 520,00/525,00 a saca, contra R$ 545,00/550,00 do dia anterior.

 

* Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 365,00/370,00 a saca, contra R$ 370,00/375,00 de ontem.

 

* O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 298,00/300,00 a saca, contra R$ 308,00/312,00 anteriormente.

 

 

AGENDA

 

– Evolução do plantio de soja no Brasil -SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

 

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da

tarde.

 

Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA