Clarissa de Araújo renuncia ao conselho de administração da Petrobras

491

     Porto Alegre, 2 de janeiro de 2020 – A conselheira da Petrobras Clarissa de Araújo Lins deixou o cargo no colegiado e as posições que ocupava em comitês da companhia “por motivos profissionais que a impedem, neste momento, de continuar a desempenhar tais funções”, disse a empresa em um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

     “A companhia aguardará a indicação do substituto pelo acionista controlador, o qual será submetido aos procedimentos internos de governança corporativa, incluindo a análise de conformidade e integridade necessária ao processo sucessório da companhia”, disse a Petrobras no documento. As informações são da Agência CMA.