Lavouras de soja de Palotina (PR) têm potencial produtivo muito bom

705

     Porto Alegre, 8 de janeiro de 2020 – As lavouras de Palotina, no oeste do Paraná, têm potencial produtivo considerado muito bom. Segundo o engenheiro agrônomo da C.Vale, André Borin, o rendimento deve ficar em torno de 55 sacas por hectare. A área totaliza 42 mil hectares.

     Desde o final do ano passado, a região vinha sofrendo com a estiagem. Algumas áreas tiveram que ser replantadas. Desde ontem, algumas chuvas atingem as lavouras e favorecem o desenvolvimento.

     Os trabalhos de colheita na área de sequeiro devem ser iniciados em fevereiro, com pico entre os dias 15 daquele mês e 5 de março. A conclusão deve ocorrer ainda na primeira quinzena de março.

     As primeiras áreas, plantadas em setembro já foram colhidas, com média de 20 sacas por hectare. O engenheiro agrônomo destaca, porém, que a superfície em questão não representa nem 1% da área total. “Estas áreas deveriam ter sido replantadas, mas foram mantidas. Por isso, o péssimo rendimento”.

     As áreas de cultivo irrigado já estão com a colheita praticamente concluída, com entre 70 e 75 sacas por hectare. Estas áreas representam cerca de 2% no município.

     Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2020 – Grupo CMA