Algodão tem começo de semana moroso com feriado nos EUA

310

    Porto Alegre, 20 de janeiro de 2020 – Sem a referência de Nova York em função do feriado de Martin Luther King, a semana iniciou com reduzido volume de negócios no mercado doméstico de algodão. Com o dólar próximo a R$ 4,19 as cotações seguem firmes. A indicação média no CIF de São Paulo nesta segunda-feira ficou em R$ 2,72/libra-peso, valor 0,33% superior ao do fechamento da última sexta-feira. No FOB estivado do porto de Santos a indicação ficou em 66,21 cents de dólar por libra-peso, valor 7,2% abaixo do contrato spot da última sexta-feira na Bolsa de Nova York.

     Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, nos últimos dias foi possível perceber uma maior presença das indústrias para compra no disponível e programação de entrega nos próximos meses. “O objetivo era garantir o fornecimento da matéria-prima na entressafra. Para negociações neste período, produtores comparam as alternativas de venda no mercado interno e na exportação, uma vez que as tradings continuam adquirindo novos volumes para embarque neste primeiro semestre, a preços competitivos. Assim, a paridade de exportação garante preços em alta no âmbito doméstico”, aponta.

     Nova York

     A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão não operou devido ao feriado nos Estados Unidos.

     Câmbio

     O dólar comercial fechou a negociação em alta de 0,62%, cotado a R$ 4,1880 para compra e a R$ 4,1900 para venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,1640 e a máxima de R$ 4,1930.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA