Ações da Ásia fecham em queda com aumento de mortes por coronavírus

444

     Porto Alegre, 28 de janeiro de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam em queda, uma vez o número de mortes por coronavírus passou de 100 na China, e enquanto os mercados chineses permanecem fechados devido ao feriado do Ano Novo Lunar.

     As autoridades de saúde da China confirmaram que o número de mortes no país causadas por um recém descoberto coronavírus subiu para 106, acima de 81 relatadas ontem. Ao todo, foram registrados 4,515 casos na China. Ao menos outros 12 países também reportaram casos.

     “O número de mortes e o número de infecções confirmadas aumentaram rapidamente desde o final da semana passada. A maior parte da crise está na China, então os investidores estão com medo de que a crise da saúde provocasse uma queda na atividade econômica em um país que já está desacelerando’, de acordo com o analista da CMC Markets, David Madden.

     “Recentemente, foi confirmado que a China passou por seu menor nível de crescimento anual em 29 anos. Para ajudar a enfrentar a emergência de saúde, as autoridades de Pequim estenderam o feriado do Ano Novo Lunar. Esta época do ano geralmente desacelera a economia, portanto o efeito deve ser mais pronunciado desta vez”, acrescentou ele.

     Entre as empresas asiáticas, as ações da companhia aérea Korean Air Lines terminaram o pregão em queda de 6,69% na Bolsa de Seul e se destacaram. Já os papeis da Japan Airlines caíram 0,38% na Bolsa de Tóquio.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

     Nikkei 225 (Tóquio): -0,55%, 23.215,71 pontos

     Kospi (Seul): -3,09%, 2.176,72 pontos 

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA