Mercado de milho espera dia calmo, avaliando melhora na oferta

272

     Porto Alegre, 31 de janeiro de 2020 – O mercado brasileiro de milho deve fechar a semana com um ritmo calmo nos negócios, com os consumidores tentando forçar quedas nos preços na medida que as ofertas de milho passam a surgir nas regiões produtoras. No cenário internacional, a Bolsa de Chicago tenta reagir frente às perdas acumuladas na semana.

CHICAGO

* Os contratos de milho com entrega em março operam a US$ 3,90, com alta de 0,50 centavo ou 0,12%.

* O mercado esboça uma recuperação frente às recentes retrações, em meio aos sinais de melhora na demanda para o cereal norte-americana. Na semana, porém, as perdas acumuladas giram em torno de 1,7%, diante do temor com o avanço do coronavírus Se confirmada, será a segunda queda semanal seguida.

* Ontem (30), os contratos de milho com entrega em março fecharam a US$ 3,79 1/2, com

baixa de 4,75 centavos ou 1,23%. 

CÂMBIO

* O dólar comercial registra desvalorização de 0,02% a R$ 4,2590.

INDICADORES FINANCEIROS

* Maioria das bolsas da Ásia fecha em queda, exceto Japão. Tóquio, +0,99%. Xangai segue sem operar por feriado

* As bolsas na Europa operam com perdas preponderantes. Paris, -0,58%; Frankfurt, -1,31%; e Londres, -0,87%.

* O petróleo opera em alta. Março do WTI em NY: US$ 52,49 o barril (+0,67%).

* O Dollar Index registra perda de 0,07%. a 97,635 pontos.

MERCADO

* O mercado brasileiro de milho registrou preços de estáveis a mais baixos nesta quinta-feira. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, o mercado esteve lento e com sintomas de melhora na oferta em algumas regiões, mas ainda com cotações sustentadas em grande parte das regiões

* No Porto de Paranaguá, o preço ficou em R$ 42,00/48,00 a saca. Em Santos, o preço girou em torno de R$ 42,00/50,00 a saca.

* No Paraná, a cotação ficou em R$ 45,00/47,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 47,00/48,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 52,00/53,00 a saca.

* No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 48,50/50,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 48,00/50,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 45,00/46,00 a saca em Rio Verde, no disponível. Em Mato Grosso, preço ficou a R$ 43,00/44,00 a saca em Rondonópolis, para o disponível.

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA