Baixa liquidez reduz volatilidade do trigo no Brasil

308

Porto Alegre, 7 de fevereiro de 2020 – As cotações do trigo vão encerrando a semana estáveis nas principais praças de comercialização do Brasil. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Jonathan Pinheiro. O mercado segue com baixo volume de reportes de negócios e com moinhos bem abastecidos.

O cenário deve permanecer assim pelos próximos 45 a 60 dias. “Após esse período, o quadro de baixa disponibilidade de trigo no mercado doméstico, bem como elevados percentuais de comercialização do trigo argentino tendem a abrir espaços para maiores recuperações, tanto para o trigo nacional quanto para o importado. Esta conjuntura poderá levar a indústria a buscar alternativas para o seu abastecimento”, observou.

Mesmo assim, conforme Pinheiro, as cotações tendem a seguir em alta, tendo o produto valorizado pela oferta escassa. “Negócios estão sendo realizados atualmente para entrega futura, podendo minimizar estes fatores por mais alguns meses, entretanto, no longo prazo, deve seguir uma expectativa de recuperações das cotações, conforme os estoques disponíveis forem gradualmente consumidos.

Projeções para USDA

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) divulga na próxima terça-feira (11), às 14h, seu relatório mensal de oferta e demanda para o trigo na safra 2019/20, relativos à produção e estoques dos Estados Unidos e do mundo.

Segundo analistas consultados por agências internacionais, os estoques finais dos Estados Unidos em 2019/20 devem ser indicados em 953 milhões de bushels – contra 965 milhões em janeiro. As estimativas variaram de 900 a 999 milhões de bushels. Em 2018/19, o número foi estimado em 1,08 bilhão de bushels.

Os estoques globais ao final de 2019/20 são estimados em 287,2 milhões de toneladas, abaixo das 288,1 milhões de toneladas estimadas em janeiro. O volume mínimo estimado foi de 280 e o máximo, 288,8 milhões de toneladas.  Na temporada passada, o número ficou em 278,1 milhões de toneladas

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA