Ações da Ásia fecham em alta com menor temor por coronavírus

388

     Porto Alegre, 12 de fevereiro de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam em campo positivo, com os investidores menos preocupados com a epidemia de coronavírus e animados com o desempenho forte de algumas empresas da região.

     Segundo as autoridades de saúde chinesa, o número de mortes na China causadas por infecção pelo novo coronavírus subiu em 97, para 1.113, enquanto foram reportados 2.015 novos casos. Analistas destacaram que o ritmo de novos casos está diminuindo.

     “Parece haver um crescente sentimento de otimismo e a esperança de que o pior dos coronavírus da China tenha passado, em meio à desaceleração da taxa de novos casos”, disse o analista do FXTM, Lukman Otunuga. Segundo ele, incerteza permanecem sobre o impacto do surto na economia da China e global.

     Entre as empresas, as ações do Softbank subiram 11,9% na Bolsa de Tóquio e se destacaram, após um juiz dos Estados Unidos aprovar a fusão das empresas T-Mobile e Sprint – onde o conglomerado japonês é acionista majoritário. A notícia ofuscou a queda de 92% no lucro do Softbank de outubro a dezembro.

     Por fim, ontem o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, indicou em depoimento a um comitê da Câmara dos Deputados que as taxas de juros nos Estados Unidos permaneceriam inalteradas. Ele dará um novo depoimento hoje a um comitê do Senado.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

    Nikkei 225 (Tóquio): +0,74%, 23.861,21 pontos

    Hang Seng (Hong Kong): +0,87%, 27.823,66 pontos

    Xangai Composto (Xangai): +0,87%, 2.926,90 pontos

    Kospi (Seul): +0,69%, 2.238,38 pontos

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA