Redução no custo de produção favorece cotonicultor em MT, destaca Imea

675

    Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2020 – O Imea divulgou na última semana o relatório do custo de produção de algodão em Mato Grosso para a safra 20/21, referente ao mês de janeiro de 2020, que registrou uma redução de 3,73% no custo operacional em relação à safra 19/20, que agora passa a ser de R$ 8.749,60/ha.

     Essa diferença deve-se às modificações na tecnologia empregada nas fazendas modais acompanhadas pelo Imea, o que reflete a constante melhora na eficiência destas propriedades no estado. Além disso, o custo com micronutrientes (fertilizantes) recuou 0,19%, aliado a modificação do pagamento do tributo (Funrural), que por sua vez, era pago sobre o faturamento da fazenda e agora passa a ser feito pela folha salarial.

     Diante desse cenário, para cobrir seus custos é necessário que o cotonicultor venda sua pluma a um preço médio de R$ 77,50/@, o que pode ser uma notícia boa para a cadeia, visto que os preços da fibra avançaram 1,07% na comercialização do mês de janeiro.

     As informações constam no Boletim do IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola.

     Revisão: Rodrigo Ramos / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA