Cotações do algodão avançam no Brasil com dólar atingindo recorde

292

    Porto Alegre, 04 de março de 2020 – A forte desvalorização cambial, com o dólar atingindo um recorde de alta (R$ 4,58), deu suporte para a recuperação dos preços domésticos do algodão. No CIF de São Paulo a média de preços ficou em R$ 2,88/libra-peso, uma alta de 0,21% em relação ao dia anterior e alcançando o maior patamar desde 10 de maio de 2019. Como destaca o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, comparado ao mesmo período do mês passado, a fibra acumula alta de 2,9%. “A comparação em relação ao mesmo período do ano passado permite vislumbrar o reflexo da desvalorização da moeda brasileira em relação à norte-americana. Em reais, há um ano o valor era 1% inferior ao atual.  Em dólar, as perdas acumuladas chegam a 18,3%”, comenta.

     No FOB exportação do porto de Santos/SP a indicação fechou a quarta-feira em 63,98 cents de dólar por libra-peso (c/lb). Comparado ao contrato de maior liquidez negociado na Bolsa de Nova York (Ice Futures US) o algodão brasileiro está 1,6% acima. Há um mês era negociado por um valor 0,76% abaixo.

NY

     A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços moderadamente mais altos nesta quarta-feira.

     Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, o mercado apresentou correção técnica, com recuperação depois das perdas recentes. E está atento ao relatório desta quinta-feira do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) com as vendas líquidas semanais norte-americanas.

     Os contratos com entrega em maio/2020 fecharam no dia a 62,98 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,21 centavo, ou de 0,3%. Julho fechou a 63,67 centavos, avanço de 0,11 centavo, ou de 0,2%.

     Câmbio

     O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 1,5%, sendo negociado a R$ 4,5810 para venda e a R$ 4,5790 para compra, um novo recorde para um fechamento. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,5050 e a máxima de R$ 4,5840.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA