Cresce fila de navios que aguarda para embarcar açúcar nos portos

328

    Porto Alegre, 06 de março de 2020 – O total de navios que aguarda para embarcar açúcar nos portos brasileiros estava em 23 na semana encerrada em 04 de março, contra 22 na semana anterior (26 de fevereiro), de acordo com levantamento realizado pela agência marítima Williams Brasil. Conforme o relatório, foi agendado carregamento de 986 mil toneladas de açúcar, ante 901 mil toneladas na semana anterior.

     Pelo Porto de Santos (SP) deve ser carregada a maior parte, 839.814 toneladas, ou 85% do total. Depois aparecem o porto de Paranaguá, no Paraná (97.950 toneladas – 10%), e Maceió, nas Alagoas (48.500 toneladas – 5%). A carga de açúcar a ser exportada consiste da variedade VHP (931.564 toneladas) e Cristal B150 (54.700 toneladas).

Índia

    A produção de açúcar da Índia na safra 2019/20 (de 01 de outubro de 2019 até 29 de fevereiro de 2020) caiu 22%, totalizando 19,484 milhões toneladas, contra 24,930 milhões de toneladas no mesmo período da temporada 2018/19, conforme comunicado de imprensa divulgado nesta semana pela Associação das Usinas de Açúcar da Índia (ISMA, na sigla em inglês).  A ISMA destacou que 453 usinas estavam moendo cana até 29 de fevereiro, ante 520 na mesma data de 2019.

     No estado de Maharashtra, a produção até agora somou apenas 5,07 milhões de toneladas, contra 9,28 milhões de toneladas, uma queda de 45%. Das 145 usinas que iniciaram a safra, 25 já encerraram as atividades devido a indisponibilidade de oferta de cana em suas regiões. Segundo a ISMA, a produção de açúcar da Índia em 2019/20 deve ser a menor em três anos, após uma seca em 2018 ter forçado produtores a reduzir a área de plantio de cana e inundações terem danificado seriamente diversos canaviais em agosto de 2019. Um maior direcionamento de cana para a produção de etanol também ajudará a diminuir produção de açúcar indiana.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA