Bolsa de Chicago suspenderá negociações presenciais a partir da segunda-feira

629

     Porto Alegre, 12 de março de 2020 – O CME Group, conglomerado que controla a Bolsa de Mercadorias de Chicago, anunciou que as negociações presenciais (viva-voz) serão suspensas após o fechamento dos mercados nesta sexta-feira, 13 de março, como forma de “precaução para reduzir grandes reuniões que possam contribuir para a disseminação do coronavírus de acordo com os conselhos de profissionais médicos”.

    No entanto, todos os produtos (incluindo os contratos futuros e de opções de commodities agrícolas, como a soja e seus subprodutos, o milho e o trigo) continuarão sendo comercializados na plataforma eletrônica.

    O CME Group destacou que nenhum caso de coronavírus foi relatado no pregão ou no prédio da Junta Comercial de Chicago.

    A reabertura do pregão presencial será avaliada à medida que mais orientações médicas sobre o coronavírus estiverem disponíveis. A sede da empresa permanecerá aberta.

    Os participantes do pregão “viva-voz” estarão recebendo informações adicionais hoje e amanhã relacionadas à execução de determinados produtos, procedimentos e protocolos de negociação presencial e outras práticas relacionadas a este método de negociação.

     As informações partem da assessoria de imprensa do CME Group.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA