USDA eleva estimativa de safra mundial de algodão

99


     Porto Alegre, 13 de março de 2020 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou relatório de março de oferta e demanda mundial de algodão para a safra 2019/20. O USDA estimou a produção global de algodão em 121,59 milhões de fardos, ante 121,33 milhões no mês passado. Para 2018/19, são esperados 118,61 milhões de fardos.

     As exportações mundiais de algodão foram estimadas em 43,6 milhões de fardos para 2019/20, ante 43,54 milhões no mês passado. A estimativa para o consumo mundial é de 118,16 milhões de fardos, ante 119,01 milhões de fardos em 2018/19. Os estoques finais foram projetados em 83,4 milhões de fardos, ante 82,12 milhões projetados no mês passado.

     A expectativa é que a China colha 27,25 milhões de fardos na temporada 2019/20, mesmo nível do mês passado. A produção do Paquistão para 2019/20 foi prevista em 6,6 milhões de fardos, também inalterada. O Brasil tem a safra 2019/20 estimada em 13 milhões de fardos, ante 12,7 milhões no mês passado.

     A produção indiana de algodão deve chegar a 29,5 milhões de fardos em 2019/20, mesmo número do mês passado. Os Estados Unidos deverão colher 19,8 milhões de fardos em 2019/20, contra 21,1 milhões do mês passado. 

    O relatório estimou a produção de algodão do país na temporada 2019/20 em 19,8 milhões de fardos, contra 20,1 milhões do relatório anterior. Para a safra 2018/19, são esperados 18,37 milhões de fardos.

     As exportações deverão ficar em 16,5 milhões de fardos em 2019/20, mesmo patamar do mês passado. O consumo interno foi previsto em 3 milhões de fardos para 2019/20, mesmo nível do relatório anterior.

     Baseado nas estimativas de produção, exportação e consumo, os estoques finais norte-americanos foram previstos em 5,1 milhões de fardos para a temporada 2019/20, contra 5,4 milhões estimados em fevereiro. Para a safra 2018/19, são esperados 4,85 milhões de fardos.

     Conab

     A produção brasileira de algodão em pluma em 2019/20 deverá totalizar 2,854 milhões de toneladas, ficando 2,7% acima da safra colhida na temporada anterior, de 2,778 milhões de toneladas. A estimativa faz parte do sexto levantamento para a produção brasileira de grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Em fevereiro, a previsão era de safra de 2,824 milhões de toneladas.

     A Conab indica área plantada de 1,671 milhão de hectares, 3,3% acima do total plantado na temporada anterior. A produtividade média está estimada em 1.708 quilos por hectare, com recuo de 0,5% sobre o rendimento obtido em 2018/19.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA