Dólar fecha a R$ 5 pela primeira vez após maior alta diária desde maio de 2017

214

    Porto Alegre, 16 de março de 2020 – O dólar comercial fechou em forte alta de 4,55% no mercado à vista, cotado a R$ 5,0480 para venda, na maior alta percentual desde o “Joesley Day”, em 18 de maio de 2017 e no maior valor da história com a moeda encerrando acima de R$ 5,00 pela primeira vez na história. O pânico voltou a tomar conta do mercado após o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) cortar ontem, inesperadamente, a taxa de juros para a faixa entre 0% e 0,25%.    “A nova onda de pessimismo derrubou os mercados, com suspensão dos negócios [circuit breakers] nas bolsas de Nova York e aqui, além de perdas expressivas na Europa e reflexos significativos nas moedas e países emergentes e nos juros futuros”, comenta o diretor da Correparti, Ricardo Gomes, sobre mais uma sessão negativa e de “pânico” para ativos