Mercado de café deve seguir com preços firmes no Brasil

335

     Porto Alegre, 19 de março de 2020 – Os preços do café devem seguir sustentados no Brasil, acompanhando o dólar em torno de R$ 5,20 e mais um dia de alta dos contratos futuros em Nova York. Os negócios deverão continuar fluindo, mas envolvendo pequenos lotes.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em maio registram valorização de 2,63% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 111,15 centavos de dólar por libra-peso.

* A posição maio fechou a quarta-feira a 108,30 centavos de dólar por libra-peso, com valorização de 5,70 centavos, ou de 5,5%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra alta de 0,03% a R$ 5,203.

* Após a disparada de ontem, a moeda tenta se ajustar, devido a um quadro mais calmo no exterior e esperando os leilões do Banco Central.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam em baixa. Xangai, -0,98%, e Tóquio, -1,04%.

* As principais bolsas na Europa operam com perdas. Paris, -1,06%; Frankfurt, -1,19% e Londres, -1,99%.

* O petróleo opera em alta. Abril do WTI em NY: US$ 22,14 o barril (+8,6%).

* O Dollar Index registra alta de 1,16%, a 102,33 pontos.

MERCADO

* O mercado físico brasileiro de café apresentou reação nas cotações nesta quarta-feira, acompanhando a alta do arábica na Bolsa de Nova York e a subida do dólar. O mercado esteve também mais movimentado, mas sem muita liquidez. Houve negócios, mas envolvendo apenas pequenos lotes.

* No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa ficou em R$ 550,00/555,00 a saca, contra R$ 535,00/540,00 do dia anterior. No cerrado mineiro, preço de R$ 565,00/570,00, contra R$ 545,00/550,00 de ontem.

* Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 390,00/395,00, contra R$ 380,00/385,00 do dia anterior. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 325,00/330,00 a saca, no comparativo com R$ 310,00/315,00 de ontem.

Agenda

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

– Relatório mensal sobre as condições das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (20/03)

– Japão: A bolsa de valores permanece fechada devido a um feriado.

– Alemanha:  O índice de preços ao produtor de fevereiro será publicado às 4h pelo Destatis.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– Novas estimativas para as safras de soja, milho, arroz e feijão – SAFRAS & Mercado, às 12hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Dados de colheita da soja no Brasil – SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

      Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA