Ações da Ásia fecham em alta após medidas de bancos centrais

84
Economia agricola
Economia agricola

     Porto Alegre, 20 de março de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fechou o último pregão da semana em alta forte, com ganho de 5% em Hong Kong, refletindo medidas de bancos centrais em resposta aos impactos do coronavírus. A bolsa de Tóquio ficou fechada devido a um feriado.

    O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) anunciou ontem novas medidas para fornecer liquidez aos mercados, e o Banco da Inglaterra cortou sua taxa de juros de 0,25% para 0,1%, além de aumentar seus estoques de títulos em 200 bilhões de libras esterlinas, para 645 bilhões.

     Além disso, o Banco do Povo da China (Pboc, o banco central do país) manteve hoje sua taxa de juros de referência inalterada, tanto de um ano, em 4,05%, quanto de cinco anos e de longo prazo, em 4,75%.

     “É improvável que exista excesso de confiança, mas sim uma aceitação de que as medidas diretas de estímulo fiscal serão mais efetivas na China neste momento”, de acordo com o analista da Oanda, Jeffrey Halley.

     “No geral, a Ásia parece que desfrutará do descanso concedido por Wall Street”, disse Halley. “Todos nós devemos aproveitar enquanto podemos”.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices

asiáticos:

     Hang Seng (Hong Kong): +5,05%, 22.805,07 pontos

     Xangai Composto (Xangai): +1,61%, 2.745,62 pontos

     Kospi (Seul): +7,44%, 1.566,15 pontos

     Veja a variação dos índices no acumulado da semana:

     Nikkei 225 (Tóquio): -5,10%

     Hang Seng (Hong Kong): -5,11%

     Xangai Composto (Xangai): -4,91%

     Kospi (Seul): -11,59%

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA