Embarques de soja do Brasil seguem dentro da normalidade, aponta SAFRAS

913
Porto de paranaguá bate recordes.


     Porto Alegre, 24 de março de 2020 – O ritmo dos embarques de soja no Brasil segue dentro da normalidade, em meio à pandemia do coronavírus e todas as consequência para a economia com o isolamento social e às restrições determinadas por uma série de países. “Por enquanto as exportações estão normais. Tivemos aquelas ameaças de paralisação no porto de Santos, mas nada se confirmou”, frisa o analista de SAFRAS & Mercado, Luiz Fernando Roque.

     Na avaliação de Roque, o governo vai fazer de tudo para que nenhum Porto paralise suas operações. “Os embarques estão normais. O que está acontecendo é um pouco de atraso nos embarques. Uma parte dessas operações previstas para março pode ser deslocada para abril. Alguns de abril podem ser adiados maio, mas nada que comprometa o volume que o Brasil vai exportar na temporada. Foram poucos cancelamentos. Uma que outra carga foi cancelada”, resume o analista

     Segundo ele, há uma possibilidade de atraso porque em alguns portos há menos mão de obra, “mas nada que seja alarmante”.  Roque destaca que os registros de exportação estão bem fortes, com o line-up indicando volume recorde para o mês de março.

     “Claro que é importante continuar monitorando e vendo o que vai acontecer daqui para frente, mas a princípio está tudo dentro do normal”, reitera.

     Na Argentina, o Porto de Timbues, na cidade de Rosario, principal centro de exportação da Argentina, no norte do país, reabriu seus terminais para fretes, transporte de cargas, depois de fechá-los para ajudar a impedir a propagação do coronavírus. “O problema maior no país vizinho é a questão do aumento nas retenciones. Mas a logística foi retomada”, apontou.

     Conforme o analista, é importante destacar que a China está voltando com força para o mercado e há notícias de que o esmagamento chinês está voltando a aumentar. “A demanda chinesa deve ficar forte nas próximas semanas’, completou.

     Line-up e exportações de marços

     O line-up, a programação de embarques nos portos brasileiros, indica volume de 13,72 milhões de toneladas de soja em grão para março, conforme levantamento realizado por SAFRAS & Mercado.

     O total já embarcado é de 8,83 milhões de toneladas. Para abril, 8,545 milhões de toneladas já estão registradas para embarques. De janeiro a abril, o line-up aponta o embarque de 30,56 milhões de toneladas.

     As exportações de soja em grão do Brasil renderam US$ 2,492 bilhões em março (15 dias úteis), com média diária de US$ 166,2 milhões. A quantidade total exportada pelo país no período chegou a 7,187 milhões de toneladas, com média diária de 479,2 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 346,80.

     Na comparação entre a média diária de março e fevereiro, houve uma alta de 67,7% no valor médio diário exportado, de 68,6% no volume embarcado. O preço médio teve perda de 0,5%. Na comparação com março de 2019, houve alta de 4,5% na receita média diária e de 7,6% no volume. O preço caiu 2,9%. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços e foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA