FUP critica medidas da Petrobras para garantir saúde dos funcionários

456

   Porto Alegre, 27 de março de 2020 – A Federação Única dos Petroleiros (FUP) criticou as medidas adotadas pela Petrobras para evitar o contágio por coronavírus entre seus trabalhadores, e disse que a empresa contrariou algumas das reivindicações feitas na semana passada.

   Segundo a FUP, funcionários têm denunciado à entidade e aos 13 sindicatos associados, que a empresa continua falhando nas ações de segurança sanitária, o que coloca em risco seu corpo funcional próprio e terceirizados que atuam na área operacional.

   O órgão sindical disse também que a reivindicação de ter representantes dos petroleiros nos comitês de crise para o combate ao coronavírus continua não sendo atendida pela empresa.

   A FUP também criticou a falta de representantes dos trabalhadores nos comitês de crise que avaliam a questão da pandemia. Além disso, a entidade falou que as medidas econômicas anunciadas ontem pela estatal para segurar caixa são consequência da estratégia equivocada adotada pela alta gestão da Petrobras.

     As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA