Colheita de café preocupa no auge do coronavírus no Brasil – Rabobank

718

     Porto Alegre, 30 de março de 2020 – De acordo com o Ministério da Saúde no Brasil, o auge da epidemia do coronavírus no Brasil se dará em abril, maio e talvez junho, em pleno período de colheita no Brasil. Esta é uma preocupação em regiões onde a colheita ocorre manualmente, como em áreas de Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo, e outras regiões de robusta. A avaliação parte de relatório do Rabobank sobre os efeitos do coronavírus nas áreas produtoras do país.

     Os produtores vão precisar de estratégias para lidar com a contratação de mão-de-obra e aplicação de produtos nas lavouras. Serão necessários mais equipamentos de proteção e segurança para os trabalhadores.

     O Rabobank destaca que até agora não houve problemas com a logística para a exportação nos portos. No entanto, há apreensão adiante com a disponibilidade de containers.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA