Preços do boi gordo voltam a subir com boas condições das pastagens

312

  Porto Alegre, 30 de março de 2020 – O mercado físico do boi gordo teve preços mais altos nesta segunda-feira nas principais praças de produção e comercialização do Brasil. O analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, aponta que a semana iniciou com um ritmo mais acelerado de negócios, com a boa capacidade de retenção do boi no pasto por parte do pecuarista puxando os preços.

   “Ao mesmo tempo, os frigoríficos seguem operando com escalas de abate curtas, sem condições de barganha”, pontuou. Porém, prossegue a preocupação em relação a como será a demanda de carne bovina daqui em diante, com a pandemia de coronavírus provocando reações em cadeia tanto no cenário doméstico como no âmbito internacional.

    Em São Paulo, Capital, os preços do mercado à vista ficaram em R$ 201,00 a arroba, ante R$ 200,00 a arroba na sexta-feira. Em Uberaba, Minas Gerais, os preços subiram de R$ 194,00 a arroba para R$ 196,00 a arroba. Em Dourados, no Mato Grosso do Sul, os preços ficaram em R$ 189,00 a arroba, contra R$ 185,00 a arroba. Em Goiânia, Goiás, o preço indicado foi de R$ 190,00 a arroba, ante R$ 185,00 a arroba. Já em Cuiabá, no Mato Grosso, o preço subiu de R$ 172,00 para R$ 177,00 por arroba.

     Atacado

     No mercado atacadista, os preços da carne bovina ficaram estáveis. “O cenário segue incerto, com dúvidas em relação às consequências do confinamento sobre o consumo das famílias, com reflexos na exportação, com a principal incógnita no momento sendo a União Europeia”, disse Iglesias.

    Assim, o corte traseiro teve preço de R$ 14,00 o quilo. A ponta de agulha ficou em R$ 10,70 o quilo. Já o corte dianteiro seguiu em R$ 11,25 por quilo.

     Câmbio

     O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 1,52%, sendo negociado a R$ 5,1810 para venda e a R$ 5,01790 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,1100 e a máxima de R$ 5,1840.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) – Agência SAFRAS Copyright 2020 – Grupo CMA