Açúcar cai quase 4% em Nova York e encosta na linha de 10 centavos/lb

268

     Porto Alegre, 01 de abril de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações acentuadamente mais baixas.

    O mercado estendeu as perdas do ano, caindo pela quinta sessão consecutiva, muito próximo da linha de dez centavos de dólar, pressionado pelo enfraquecimento do petróleo, fator que afeta diretamente a rentabilidade do etanol.

    Com o biocombustível desvalorizado, as usinas do Brasil vão maximizar a produção de açúcar em 2020/21, e o etanol fica menos atrativo também em outras origens, como na Índia.

    Com isso, o mercado já começa a especular um novo superávit de oferta em termos globais a partir de 2020/21 (outubro-setembro).

     Os contratos com entrega em maio/2020 encerraram o dia a 10,04 centavos de dólar por libra-peso, com baixa de 0,38 centavo (ou 3,6%) em relação ao fechamento anterior.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA