Perspectiva é de mais demissões e queda continuada de preços nos Estados Unidos

904


     Porto Alegre, 15 de abril de 2020 – A pandemia do novo coronavírus deve provocar mais demissões entre as empresas norte-americanas, que enfrentam uma crise diante de medidas restritivas para conter a disseminação da doença no país, segundo o Livro Bege – documento do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) que retrata a situação econômica das 12 principais regiões dos Estados Unidos.

     A boa notícia, no entanto, é que a maioria dessas empresas espera recontratar funcionários quando a pandemia passar. “Contatos em vários distritos indicaram que cortaram empregos por meio de demissões e licenças temporárias e que esperam reverter [a situação] assim que a atividade comercial for retomada. A perspectiva de curto prazo era de mais cortes de empregos nos próximos meses”, diz o Livro Bege.

     As informações são da Agência CMA.

Copyright 2020 – Grupo CMA