Entregas de fertilizantes entre janeiro e novembro de 2019 sobem 1,4%, indica ANDA

508


     Porto Alegre, 17 de abril de 2020 – As entregas de fertilizantes ao mercado encerraram o mês de novembro/2019 com 3.115 mil toneladas, registrando uma redução de 3,3% em relação ao mesmo mês de 2018, quando foram entregues 3.220 mil toneladas e no acumulado de janeiro a novembro/2019 foram entregues 33.584 mil toneladas, registrando crescimento de 1,4% em relação ao ano 2018, quando foram entregues 33.136 mil toneladas. Os dados foram divulgados nessa semana, com cerca de quatro meses de atraso.

     O Estado de Mato Grosso, líder nas entregas ao mercado, concentra maior volume no período analisado (20,8%), atingindo 6.995 mil toneladas, seguido do estado do Rio Grande do Sul com 4.181 mil toneladas, Paraná com 3.886 mil toneladas, São Paulo com 3.667 mil toneladas, Minas Gerais com 3.600 mil toneladas e Goiás com 3.281 mil toneladas.

     A produção nacional de fertilizantes intermediários encerrou o mês de novembro de 2019 com 582 mil toneladas, representando uma redução de 21,5% e no acumulado de janeiro a novembro/2019, produção do total de 6.241 mil toneladas e redução de 16,2% em relação ao mesmo período de 2018, quando foram produzidas 7.444 mil toneladas.

     As importações de fertilizantes intermediários alcançaram no mês de novembro de 2019 a quantidade de 2.626 mil toneladas, indicando uma redução de 12,6% e no acumulado de janeiro a novembro/2019, total de 27.124 mil toneladas e crescimento de 9,1% em relação ao mesmo período de 2018, quando foram importadas 24.868 mil toneladas. Pelo porto de Paranaguá, a principal porta de entrada dos fertilizantes, foram importadas 7.727 mil toneladas, indicando uma redução de 6,5% em relação a 2018, quando foram descarregadas 8.263 mil toneladas e que representou 28,5% do total importado por todos os portos.

Copyright 2020 – Grupo CMA