Yara realiza doação de R$ 1 milhão para combater coronavírus

466

     Porto Alegre, 24 de abril de 2020 – A Yara, líder mundial em nutrição de plantas, anunciou a doação de R$ 1 milhão para mitigar os impactos da pandemia do coronavírus (COVID-19). O investimento custeará a compra de equipamentos e insumos hospitalares, como máscaras e luvas, a aquisição e distribuição de cestas básicas às famílias carentes e doações em dinheiro às secretarias municipais de saúde, Santas Casas e hospitais universitários das cidades mais impactadas onde a empresa possui unidades fabris.

     Para Carlos Lienstadt, vice-presidente de Recursos Humanos e Comunicação da Yara Brasil, a companhia, que tem como missão alimentar o mundo e proteger o planeta, não poderia deixar de estar engajada em um momento tão crítico como o atual. “Há 105 anos, assumimos o compromisso com a segurança alimentar do mundo, e consideramos fundamental participarmos desse movimento de solidariedade. Nos reunimos com os gestores das secretarias municipais de saúde e de assistência social; de instituições federais de ensino, que administram hospitais; e com diretores de Santas Casas para saber quais são as necessidades de cada região – sempre conectando-as aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável que balizam nossas decisões de Responsabilidade Social Corporativa”, explica.

     Todas as 25 cidades nas quais a Yara está presente no Brasil, com operações ou atuação comercial, serão contempladas: Maceió (AL), Candeias (BA), Vitória (ES), Catalão (GO), Rondonópolis (MT), São Luís (MA), Uberaba (MG), Patrocínio (MG), Serra do Salitre (MG), Lagamar (MG), Cruzeiro da Fortaleza (MG), Cambé (PR), Cascavel (PR), Paranaguá (PR), Ponta Grossa (PR), Canoas (RS), Cruz Alta (RS), Porto Alegre (RS), Rio Grande (RS), Cubatão (SP), Jaú (SP), Mogi das Cruzes (SP), Sumaré (SP), Paulínia (SP) e São Paulo (SP).

     As doações seguem critérios estabelecidos pela empresa, que consideram o cenário e as emergências locais, conforme as maiores necessidades de cada município ou de suas proximidades.

     Além do valor, a contribuição também está na forma em que a doação será feita. A Yara se comprometeu em priorizar a compra de produtos de pequenos fornecedores regionais, sempre que possível, para continuar a estimular a economia das regiões onde atua. Um exemplo é a aquisição de aproximadamente 45 mil máscaras caseiras, que, ao mesmo tempo em que contribui com a renda de muitas famílias, fomenta o comércio local. “Esse lote de máscaras já tem destino definido: uma parte será distribuída gratuitamente à população, e a outra será entregue aos nossos colaboradores, que também devem fazer uso do equipamento para proteção individual nas unidades, em escritórios e fora da área industrial”, pontua Carlos Lienstadt.

     Ainda de acordo com o vice-presidente da Yara, mesmo dando continuidade às atividades industriais para garantir o suporte necessário para os agricultores manterem a produção de alimentos e o abastecimento do mercado, a companhia sempre teve a saúde e segurança de seus colaboradores, familiares e parceiros de negócio como prioridades. “Colocamos a vida em primeiro lugar e isso se estende a todas as pessoas, dentro ou fora da empresa, no Brasil e no mundo. Por isso, a Yara, presente em mais de 60 países, tem se movimentado globalmente para cumprir seu papel na sociedade e fazer sua parte na limitação dos danos que esta pandemia pode causar, especialmente nas comunidades mais vulneráveis”, afirma Lienstadt. “O apoio oferecido agora também ajudará a garantir a continuidade dos negócios após a crise, quando a situação e as operações voltarem ao normal”, finaliza.

Olhar 360º

     Com um total de aproximadamente 5,5 mil colaboradores no Brasil, que atuam em 22 unidades localizadas em 10 estados, a Yara agiu rápido para alterar a rotina de funcionários, parceiros e prestadores de serviços, priorizando a saúde e segurança de todos em meio à pandemia do coronavírus. Hoje, com mais de 1000 funcionários em trabalho remoto, a Yara – que teve suas atividades consideradas essenciais pelo Governo Federal – mantém os fluxos de seu negócio e todas as suas unidades em funcionamento, com as adequações necessárias para esta nova realidade, como a reorganização do layout de refeitórios e a aferição diária da temperatura das pessoas nas unidades fabris.

     Além de novas medidas de higiene e prevenção, a companhia implantou especialmente para esse período um programa de saúde e bem-estar do colaborador, com pesquisas constantes de avaliação psicológica e o acompanhamento de profissionais especializados. Essa iniciativa faz parte de um conjunto de medidas que a empresa tem tomado, que inclui também o estabelecimento de uma política global de segurança salarial para proteger os meios de subsistência de sua força de trabalho, trazendo assim mais segurança e tranquilidade para todos.

     Nesse sentido, alinhada a recomendações gerais de cuidados com saúde e segurança individual, a Yara também tem oferecido soluções para que seu time de campo possa fazer o trabalho de consultoria e suporte ao produtor de forma remota, e para que o agricultor possa adquirir seus fertilizantes e manter a operação de sua lavoura sustentável e produtiva. Entre as ações estão treinamentos online, webinars sobre temas diversos para os clientes, atualizações periódicas sobre movimentações do mercado e uma série de outros conteúdos informativos, com potencial para aproximar e movimentar toda a cadeia produtiva em um ambiente 100% virtual. As informações partem da assessoria de imprensa da Yara.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA