Índices da Ásia fecham mistos com reabertura econômica; petróleo cai

327

     Porto Alegre, 28 de abril de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam sem direção comum, por um lado com a reabertura de economias com a desaceleração de casos do novo coronavírus e, por outro, com novas quedas no petróleo.

     Nos Estados Unidos, vários estados começaram a afrouxar restrições, com algumas regiões de Nova York, epicentro da pandemia no país, reabrindo sua economia a partir de 15 de maio. Na Europa, a reabertura econômica na Itália será na semana que vem, enquanto outros países fazem o mesmo. 

     “Os investidores mantêm os dedos cruzados à medida que a esperança resce seguindo medidas graduais dos governos mundiais para diminuir lentamente as restrições de bloqueio, que acabarão por levar a um retorno da demanda pela economia global e manteve o apetite pelo risco aumentando até agora na nova semana de negociações”, disse o analista da Oanda, Jameel Ahmad.

     Por outro lado, os preços do petróleo WTI seguem em queda, com os contratos futuros chegando a cair mais de 20% nesta madrugada, em meio a preocupações com os limites de armazenamento, já que os estoques de Cushing, em Oklahoma, nos Estados Unidos, estão quase completos.

     “Parece que o medo está entrando no sentimento dos investidores após o choque insano de apenas uma semana atrás, que eventualmente levou a preços negativos do petróleo nos Estados Unidos”, disse Ahmad.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices

asiáticos:

     Nikkei 225 (Tóquio): -0,06%, 19.771,19 pontos

     Hang Seng (Hong Kong): +1,22%, 24.575,96 pontos

     Xangai Composto (Xangai): -0,19%, 2.810,02 pontos

     Kospi (Seul): +0,59%, 1.934,09 pontos

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA