IPCA-15 tem deflação de 0,01% em abril, aponta IBGE

277


     Porto Alegre, 28 de abril de 2020 – A redução nos preços dos combustíveis marcou a prévia da inflação de abril, que registrou -0,01%, o menor resultado para o mês desde o início do Plano Real, em julho de 1994. O recuo nos preços da gasolina (-5,41%), que teve o maior impacto individual negativo no índice, do etanol (-9,08%) e do óleo diesel (-4,65%) levaram a uma queda de 5,76% dos combustíveis, que pressionaram o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), divulgado hoje (28) pelo IBGE.

     A taxa é 0,03 ponto percentual (p.p.) abaixo da registrada em março, de 0,02%. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 0,94% e, em 12 meses, a variação acumulada foi de 2,92%, abaixo dos 3,67% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2019, a taxa foi de 0,72%.

     O mercado previa IPCA-15 DE 0,03% em abril e de 2,97% no acumulado em 12 meses.

Copyright 2020 – Grupo CMA