Produção de café da Colômbia diminui 28% em abril

767


     Porto Alegre, 6 de maio de 2020 – A produção de café da Colômbia diminuiu 28% em abril, atingindo 744 mil sacas de 60 quilos, em comparação com 1,031 milhão de sacas no mesmo mês de 2019, disse a Federação Nacional dos Cafeicultores da Colômbia em comunicado de imprensa.

     Já últimos 12 meses (maio de 2019 a abril de 2020), a produção de café totalizou 14,006 milhões de sacas, 3% a mais em relação à produção de 13,650 milhões de sacas contabilizada entre maio de 2018 e abril de 2019.

     Entre janeiro e abril de 2020, a produção cafeeira totalizou 3,601 milhões de sacas, queda de 17% contra 4,347 milhões de sacas no primeiro quadrimestre de 2019.

     O país sul-americano, maior produtor mundial da categoria dos cafés arábicas suaves lavados, exportou 592 mil sacas de 60 quilos em abril, ante 872 mil sacas no quarto mês de 2019, queda de 32%. Já nos últimos 12 meses, as exportações caíram 1%, para 12,933 milhões de sacas.

     No ano cafeeiro 2019/20 (de outubro a abril), a Colômbia produziu 8,156 milhões de sacas, crescimento de 6%. Já as exportações caíram 7% no mesmo período, totalizando 7,443 milhões de sacas

     Entre janeiro e abril de 2020, os embarques de café somaram 3,863 milhões de sacas, queda de 17% contra 4,425 milhões de sacas no primeiro quadrimestre de 2019.

     No comunicado de imprensa, a Federação, sem citar a Covid-19, atribuiu a forte queda na produção e na exportação de café em abril a “algumas restrições e limitações provocadas pela atual conjuntura sanitária”.

    Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA