Ministério da Economia passa a prever contração de 4,7% no PIB 2020

699
Começam a ser trocados os nomes nas fachadas de ministérios, em Brasília.


    Brasília, 13 de maio de 2020 – O governo passou a prever contração no crescimento da economia em 2020. Segundo as estimativas do governo, o crescimento real da economia em 2020 deve ser negativo em 4,7%, uma inversão da expectativa anterior que previa estabilidade no crescimento da economia neste ano. Os dados foram divulgados pelo ministério da Economia.

     Segundo ministério, a revisão para baixo do crescimento econômico está relacionada aos efeitos do novo Coronavírus na economia mundial. “A interrupção de atividades produtivas e de consumo terá necessariamente um impacto profundo sobre o crescimento do PIB de 2020. Diante disso, as projeções de crescimento foram revisadas fortemente para -4,7% ante a última divulgação de 0,0%”

     A previsão da inflação medida pelo Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ao fim deste ano também diminuiu, de 3,12% para 1,77%. A estimativa para a inflação medida via Indice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) também caiu, de 3,28% para 2,45%. A estimativa via Indice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) – teve alta de 3,66% para 4,49%.

     A previsão para crescimento em 2021 também foi alterada de 3,30% para 3,20%. A inflação prevista para 2021 é de 3,30, o INPC é de 3,50% e o IGPDI de 4%.

     As informações são da agência CMA.

Copyright 2020 – Grupo CMA