Açúcar teve preços inalterados nesta quarta-feira no mercado paulista

317

    Porto Alegre, 20 de maio de 2020 – O mercado físico de açúcar teve preços estáveis em São Paulo nesta quarta-feira. Em Santos, a saca de 50 quilos do açúcar cristal com até 150 Icumsa ficou com preço de R$ 75,00 (11,97 centavos de dólar por libra-peso). Já em Ribeirão Preto, preços a R$ 73,00 a saca (11,65 centavos).

     O etanol hidratado foi 29,03% menos vantajoso que o açúcar bruto de Nova York equivalendo a 7,01 centavos de dólar (PVU) e 24,95% menos vantajoso que o açúcar cristal de Ribeirão Preto, equivalendo a R$ 54,79 por saca (8,74 centavos).

Nova York

     A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações acentuadamente mais altas.

    O mercado estendeu o rally deflagrado na segunda-feira, novamente acompanhando a forte alta no petróleo.

     Tecnicamente o mercado está mais firme, com o rompimento de importantes resistências gráficas acionando stops (compras automáticas) de fundos e especuladores, com as cotações ultrapassando a linha de 11 centavos de dólar por libra.

     Já o excesso de oferta global, com o Brasil e a Índia maximizando as exportações nesta semana, deve conter uma sustentada recuperação nas cotações futuras do açúcar, que vinham em forte queda desde o colapso do petróleo e a desaceleração na demanda de etanol provocada pela pandemia do novo coronavírus.

     Os contratos com entrega em julho/2020 encerraram o dia a 11,19 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,34 centavo (+3,1%) em relação ao fechamento anterior.

Câmbio     

O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com baixa de 1,33%, sendo negociado a R$ 5,6840 para venda e a R$ 5,6820 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,6700 e a máxima de R$ 5,7550.