Milho apresenta lentidão nesta quinta-feira no Brasil

350

     Porto Alegre, 21 de maio de 2020 – O mercado brasileiro de milho teve uma quinta-feira de manutenção do ritmo lento na comercialização. A baixa do dólar e o risco de geadas para o início da próxima semana contribuíram para a morosidade, diante dos temores envolvendo a safrinha.

     No Porto de Santos, o preço ficou entre R$ 48,00 e R$ 50,00 a saca. No Porto de Paranaguá (PR), preço entre R$ 47,00 e R$ 49,00 a saca.

     No Paraná, a cotação ficou em R$ 47,00/48,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 51,50/52,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 53,00/54,00 a saca.

     No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 48,50/49,50 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 45,50/47,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 41,00 – R$ 43,50 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 36,00/38,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

     A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços mais baixos. O mercado repercutiu o desempenho aquém do esperado das vendas líquidas semanais

norte-americanas de milho.

     As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2019/20, que tem início no dia 1o de setembro, ficaram em 884.200 toneladas na semana encerrada em 14 de maio. Representa uma baixa de 18% frente à semana anterior e uma retração de 10% sobre à média das últimas quatro semanas. O Japão liderou as compras, com 332.600 toneladas.

     Para a temporada 2020/21, foram negativas em 29.400 toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 600 mil e 1,400 milhão de toneladas, somando-se as duas temporadas. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

     Os contratos de milho com entrega em julho fecharam a US$ 3,17 3/4, com baixa de 1,75 centavo, ou 0,54%, em relação ao fechamento anterior. A posição setembro fechou a sessão a US$ 3,23 por bushel, recuo de 1,25 centavo  ou 0,38% em relação ao fechamento anterior.

Câmbio

     O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com baixa de 1,82%, sendo negociado a R$ 5,5800 para venda e a R$ 5,5780 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,5590 e a máxima de R$ 5,7070.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA