Faturamento da lavoura de café de Rondônia atinge R$ 807 milhões

441


     Porto Alegre, 25 de maio de 2020 – O valor bruto total da produção das lavouras dos Cafés do Brasil foi estimado em R$ 27,46 bilhões para 2020, tendo como base principal o volume físico da safra anual e os preços médios recebidos pelos produtores agrícolas no período pesquisado de janeiro a abril do corrente ano.

     Em ordem decrescente, nas cinco regiões geográficas brasileiras tal faturamento se apresenta, em primeiro lugar, na Região Sudeste, com R$ 24,64 bilhões, montante que equivale a 89,7% do valor total. Em segunda colocada, destaca-se a Região Nordeste, com a receita bruta calculada em R$ 1,23 bilhão, valor que equivale a 4,5% do faturamento total.

     Na sequência, em terceira colocação, vem a Região Norte, cujo faturamento bruto das lavouras cafeeiras foi estimado para este ano em R$ 850,77 milhões e corresponde a 3,1% da receita dos Cafés do Brasil em nível nacional. Na quarta posição desse ranking, figura a Região Sul, com estimativa de R$ 499,15 milhões, a qual equivale a 1,82% do total. E, finalmente, em quinta colocação, está a Região Centro-Oeste com faturamento calculado em R$ 233,31 milhões, o qual corresponde a aproximadamente 0,85% da estimativa nacional.

    Neste contexto, em relação exclusivamente ao faturamento bruto da Região Norte, vale destacar que a receita estimada para o estado de Rondônia, quinto estado maior produtor dos Cafés do Brasil, no montante de R$ 806,75 milhões, corresponde a 95% do total de todas as lavouras cafeeiras dessa região. A avaliação parte do Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, ligado à Embrapa Café.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA