Ações sobem na Europa com dados e reabertura de economias

412


     São Paulo, 1 de junho de 2020 – Os principais índices do mercado de ações europeu fecharam em alta, com certo alívio nas tensões comerciais entre Estados Unidos e China e com dados melhores refletindo a reabertura de economias fechadas devido à pandemia.

     O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial da zona do euro subiu para 39,4 pontos em maio, de 33,4 em abril, enquanto na China o PMI do setor avançou para 50,7 pontos em maio, de 49,7 em abril. Nos Estados Unidos, o PMI subiu de 36,1 em abril para 39,8 pontos em maio.

     “Os dados econômicos de maio sugeriram que a atividade está melhorando à medida que as economias globais reabrem após a grave interrupção da pandemia de covid-19”, disseram analistas da Schwab, em relatório.

     “Além disso, os mercados estão antecipando o anúncio de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) na quinta-feira, com expectativas elevadas de que o BCE possa fornecer mais medidas de estímulo”, acrescentaram eles.

     Por fim, os investidores viram com otimismo a coletiva de imprensa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na sexta-feira, uma vez que ele não anunciou sanções à China. As bolsas de Frankfurt e Zurique ficaram fechadas devido a feridos locais.

     Confira abaixo a variação e a pontuação dos índices europeus no fechamento:

    FTSE-100 (Londres): +1,48%, 6.166,42 pontos

    CAC-40 (Paris): +1,43%, 4.762,78 pontos

    FTSE MIB (Milão): +1,79%, 18.523,71 pontos

    IBEX-35 (Madri): +1,76%, 7.221,40 pontos

    PSI-20 (Lisboa): +2,20%, 4.425,86 pontos 

     As informações são da agência CMA.

Copyright 2020 – Grupo CMA