USDA projeta safra de milho dos EUA em 2020/21 de 15,995 bi de bu

520

    Porto Alegre, 11 de junho de 2020 – O relatório de junho de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgado hoje previu que os Estados Unidos deverão colher 15,995 bilhões de bushels na temporada 2020/21, sem alterações frente ao mês passado, mas acima do volume previsto pelo mercado, de 15,924 bilhões de bushels.

     A produtividade média em 2020/21 foi indicada em 178,5 bushels por acre, sem alterações. A área a ser plantada foi mantida em 97 milhões de acres e a área a ser colhida em 89,6 milhões de acres.

     Os estoques finais da safra 2020/21 foram previstos em 3,323 bilhões de bushels acima dos 3,318 bilhões previstos em maio, enquanto o mercado espera um número de 3,340 bilhões de bushels  As exportações em 2020/21 foram indicadas em 2,150 bilhões de bushels e o uso de milho para a produção de etanol de 5,2 bilhões de bushels, ambos sem modificações ante o relatório do mês passado.

     Para a temporada 2019/20, os estoques finais da safra 2019/20 ficarão em 2,103 bilhões de bushels, acima dos 2,098 bilhões de bushels estimados em maio, enquanto o mercado esperava um número de 2,154 bilhões de bushels.

     Os EUA deverão colher 13,617 bilhões de bushels, aquém dos 13,663 bilhões de bushels previstos em maio. A produtividade média foi reduzida de 167,8 bushels por acre para 167,4 bushels por acre. A área a ser plantada foi mantida em 89,7 milhões de acres. A área a ser colhida recuou de 81,4 milhões de acres para 81,3 milhões de acres.

     As exportações em 2019/20 foram indicadas em 1,775 bilhão de bushels, sem alterações. O uso de milho para a produção de etanol foi reduzido de 4,950 bilhões de bushels para 4,900 bilhões de bushels.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA