Bolsas argentinas pedem solução jurídica para Vicentín

620

Porto Alegre, 12 de junho de 2020 – As principais Bolsas de Cereais e Comércio da Argentina solicitaram o uso de ferramentas legais para encontrar uma saída da situação de falência da empresa Vicentín, mantendo o Estado de Direito e respeitando os costumes e práticas do mercado de grãos, após o anúncio de intervenção para sua posterior desapropriação promovida pelo governo nacional.

“Em tempos de tanta incerteza, é importante observar que a cadeia do agronegócio argentino sempre se caracterizou por sua grande eficiência e capacidade de produzir alimentos de qualidade em larga escala. Sua base é composta por dezenas de milhares de produtores agrícolas, considerados globalmente. entre os mais eficientes do mundo, aqueles que realizam suas tarefas com a aplicação de tecnologia de ponta “, afirmou o comunicado.

Por outro lado, as entidades disseram estar convencidas “de que devem ser buscados mecanismos para consolidar a confiança e a previsibilidade para a economia em geral e para esse setor em particular, vitais para o desenvolvimento de nosso país, para que ele atinja seu máximo potencial para o benefício de todos os argentinos “.

As informações são da Agência CMA Latam.

Revisão: Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA