Projeção de superávit comercial em 2020 fica em US$ 52,50 bi

340

     Porto Alegre, 22 de junho de 2020 – Os economistas consultados pelo Banco Central mantiveram a projeção de superávit da balança comercial brasileira em 2020 em US$ 52,50 bilhões, após duas revisões seguidas para cima, conforme o relatório de mercado Focus. Para 2021, a estimativa também ficou estável após duas altas, em US$ 55 bilhões, enquanto para 2022 permaneceu em US$ 47,42 bilhões e para 2023 seguiu em US$ 45 bilhões.

     Em relação à conta corrente, houve estabilidade na previsão apenas para este ano, com a estimativa de déficit ficando em US$ 13,95 bilhões. Para 2021, a previsão foi de -US$ 20,88 bilhões para -US$ 20,99 bilhões; para 2022, de -US$ 31,40 bilhões para -US$ 32,30 bilhões e, por fim, para 2023, passou de -US$ 37,10 bilhões para -US$ 41,00 bilhões.

     Já em relação ao Investimento Direto no País (IDP), a projeção para 2020 ficou em US$ 60 bilhões pela segunda vez seguida, de US$ 65 bilhões há quatro semanas, enquanto para 2021 seguiu em US$ 75 bilhões pela terceira semana consecutiva. Já para os dois anos seguintes, 2022 e 2023, a projeção do IDP ficou em US$ 80 bilhões, cada, pela décima e nona vez seguida, respectivamente. As informações são da Agência CMA.

     Revisão: Rodrigo Ramos / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA