Ações da Ásia fecham em alta, seguindo Wall Street; bancos avançam

434

     Porto Alegre, 26 de junho de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam o último pregão da semana em alta, seguindo os ganhos de ontem em Wall Street, após reguladores anunciarem planos de afrouxar as regras para os bancos. A Bolsa de Xangai permaneceu fechada devido a um feriado.

     Com as mudanças nas regras nos Estados Unidos, os bancos poderão realizar mais facilmente grandes investimentos em capital de risco e fundos similares, além de permitir que os bancos evitem reservar dinheiro para negociações de derivativos entre afiliadas da mesma empresa.

     “Os mercados de ações na Coreia do Sul e no Japão subiram mais de 1%, em função do movimento positivo observado nos Estados Unidos”, destacou o analista da CMC Markets, David Madden.

     Por outro lado, em Hong Kong, as ações fecharam em queda depois do feriado de ontem, com o avanço de casos globais de covid-19 e após o Senado norte-americano aprovar um projeto de lei para sancionar autoridades e entidades chinesas que executarem a lei de segurança nacional em Hong Kong.

     “O índice Hang Seng caiu, uma vez que o Senado dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei que terá como alvo empresas ou países que estão tentando ajudar a China a diminuir a autonomia de Hong Kong”, de acordo com Madden. As informações são da Agência CMA.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

    Nikkei 225 (Tóquio): +1,13%, 22.512,08 pontos

    Hang Seng (Hong Kong): -0,93%, 24.549,99 pontos

    Kospi (Seul): +1,05%, 2.134,654 pontos

    Veja a variação dos índices na semana:

    Nikkei 225 (Tóquio): +0,15%

    Hang Seng (Hong Kong): -0,38%

    Xangai Composto (Xangai): +0,40%

    Kospi (Seul): -0,31%

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA