Associação de usinas da Índia estima recuperação na safra de açúcar

262

     Porto Alegre, 26 de junho de 2019 – A produção de açúcar da Índia na safra 2020/21 (outubro/setembro) deve aumentar 12%, totalizando 30,5 milhões de toneladas, contra 27,2 milhões de toneladas em 2019/20, conforme estimativa da Associação das Usinas de Açúcar da Índia (ISMA, na sigla em inglês), divulgada nesta semana. A ISMA destacou que a área total cultivada de cana no país deve crescer 8% em 2020/21, puxada por elevações nos estados de Maharashtra e Karnakata.

     Segundo a ISMA, a produção de açúcar no estado de Maharashtra deverá saltar de 6,16 milhões de toneladas para 10,13 milhões de toneladas em 2020/21, resultado de uma expansão de 43% na área plantada de cana-de-açúcar.

     Também conforme estimativa da Associação, a Índia deverá exportar de 6 a 7 milhões de toneladas de açúcar em 2020/21, enquanto que para a atual temporada 2019/20, a expectativa é que o país embarque um volume recorde de 5,2 milhões de toneladas. “Com a produção de açúcar da Tailândia caindo ainda mais na próxima temporada, há uma oportunidade para a Índia exportar açúcar para países asiáticos”, destacou a ISMA.

     A temporada 2020/21 deverá ter início na Índia com estoques de passagem de açúcar somando 11,5 milhões de toneladas, contra os 14,5 milhões de toneladas estimados para 2019/20. A ISMA salientou que a estimativa da produção e exportação de açúcar para a temporada 2020/21 leva em conta “condições de chuva outros fatores climáticos normais ao longo do ano”.

      Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA