Ações fecham em queda na Europa com casos de novo coronavírus

347

Porto Alegre, 3 de julho de 2020 – Os principais índices do mercado de ações europeu fecharam o último pregão da semana em queda, com foco nos acontecimentos referentes ao novo coronavírus, e com baixo volume de negociações devido ao feriado nos Estados Unidos.

“Hoje é um dia calmo, com os mercados dos Estados Unidos fechados devido ao dia da independência. Nos Estados Unidos, procuraremos os acontecimentos do vírus”, de acordo com o analista do Danske Bank, Bjon Sillermann.

Os casos diários do novo coronavírus nos Estados Unidos alcançaram um novo recorde, avançando em 52,3 mil em um dia. Vários estados do país, como Texas e Califórnia, reimpuseram restrições para conter a nova onda de propagação do vírus.

Entre os dados econômicos, o setor de serviços da zona do euro, Alemanha e Reino Unido avançaram, mas permanecem em território de contração, segundo dados do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do IHS Markit.

Por fim, o Bundestag alemão encerrou formalmente a disputa legal iniciada pelo veredicto do tribunal constitucional no início de maio, em uma votação foi apoiada por uma ampla aliança.

As informações são da Agência CMA.

Revisão: Gabriel Nascimento ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA