Preço pago pelo quilo do suíno sobe R$ 0,20 no RS – ACSURS

418

     Porto Alegre, 7 de julho de 2020 – Com baixas sendo registradas desde a segunda quinzena do mês de março, por conta do novo coronavírus, o preço pago pelo quilo do suíno vivo vem se recuperando gradativamente e tendo aumentos expressivos no Rio Grande do Sul.

     A pesquisa realizada semanalmente pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul – ACSURS com o apoio da MSD Saúde Animal, Minitube e Choice Genetics, apontou aumento de R$ 0,20. A média do preço pago pelo quilo do suíno vivo registrada na primeira semana do mês de julho foi de R$ 4,64.

     O primeiro vice-presidente da ACSURS, Mauro Antonio Gobbi, explica que a pandemia, que ocasionou o baixo consumo de carne suína no mercado interno e também o fechamento de algumas plantas frigoríficas, resultou nas quedas registradas nos últimos meses. “Além disso, tradicionalmente o preço da carne suína no primeiro trimestre costuma não ter os preços tão elevados”, frisa.

     Já em relação ao atual momento, quando os aumentos começam a ser expressivos, Gobbi justifica que assim como os altos índices de exportação e a retomada das plantas frigoríficas, as temperaturas baixas registradas no Estado também  são uma influência, já que o mercado interno volta a consumir com mais frequência a proteína animal.

     Outro fator que o vice-presidente da entidade destaca são os altos custos de produção. “Com os custos de produção muito altos, o preço precisa subir para remunerar o suinocultor”, conclui.

     A saca de 60 quilos do milho está custando em média de R$ 44,83. O preço da tonelada do farelo de soja (preço da indústria – FOB) é de R$ 1.775,00 para compras à vista e no prazo (30 dias) é de R$ 1.795,00.

Agroindústrias e cooperativas

     O preço médio na integração apontado pela pesquisa é de R$ 4,16. As cooperativas e agroindústrias apresentaram as seguintes cotações: Cooperalfa/Aurora: R$ 4,20 (base suíno gordo) e R$ 4,20 (base leitão de 6 a 23 quilos); Cosuel/Dália Alimentos R$4,15; Cooperativa Languiru R$ 4,12; Ouro do Sul R$ 4,20; Alibem R$ 4,10; Adelle Foods R$ 4,20 e Pamplona R$ 4,20. As informações partem da assessoria de imprensa da ACSURS.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA