Preços do milho caem em Chicago pressionados por realização e menor temor com clima nos EUA

308

Porto Alegre, 7 de julho de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços mais baixos. O cereal foi pressionado por um movimento de realização de lucros, em meio à expectativa para o relatório de oferta e demanda de julho, que será divulgado na sexta-feira pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. A menor preocupação dos investidores com relação ao clima para o desenvolvimento das lavouras de milho nos EUA colaborou para a desvalorização.

Os contratos de milho com entrega em setembro fecharam a US$ 3,43 1/2, com baixa de 3,00 centavos, ou 0,86%, em relação ao fechamento anterior. A posição dezembro fechou a sessão a US$ 3,52 1/2 por bushel, recuo de 3,75 centavos de dólar, ou 1,05%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA