Brasil precisa ajuda em relação à preservação ambiental, reconhece Guedes

367


     Brasília, 13 de julho de 2020 – O Brasil precisa de ajuda em relação à política ambiental e que se há erros e excessos nessa política eles serão corrigidos, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante a Cúpula Ministerial Virtual da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre Inclusão Social para a América Latina e o Caribe. Segundo o ministro o Brasil é um país de dimensões continentais e tem carências o que dificulta o monitoramento.

     “Brasil é país que alimenta o mundo preservando o meio-ambiente. Se há excessos e há erros, corrigiremos. Não aceitaremos o desmatamento ilegal, exploração ilegal de recursos. Tudo o que acontece é porque Brasil é país continental, é difícil vigiar tudo, monitorar tudo. O país tem carências em educação, saneamento, como podemos preservar toda a selva amazônica sem ajuda? Nós queremos ajuda, compreensão, reconhecemos importância”, afirmou.

     Guedes afirmou ainda que muitos países condenam o Brasil nesta questão, mas se escondem por trás de uma política protecionista. “Muita gente se esconde atrás de políticas protecionistas para sua agricultura condenando o Brasil. Há interesses protecionistas condenando o Brasil em vez de ajudando o Brasil. Precisamos de cooperação. Por isso queremos inclusive entrar na OCDE. Queremos melhores padrões”.

     As informações são da agência SAFRAS.

Copyright 2020 – Grupo CMA