COFCO International define nova meta para economia de água

328

Porto Alegre, 13 de julho de 2020 – A empresa de agronegócio global, COFCO International, está lançando uma nova meta para melhorar sua eficiência industrial de água em 10% até 2025. A meta é parte essencial da estratégia da empresa para conservar os recursos naturais e gerenciar seu impacto ambiental, e deve economizar pelo menos 1,3 milhão de metros cúbicos de água a cada ano. O novo objetivo está relacionado à quantidade de água usada por tonelada de produção e, à medida que a produção cresce constantemente, é provável que a economia de água seja ainda maior.

“A crescente população global deve intensificar a pressão sobre os recursos naturais, por isso é vital que empresas como a nossa aproveitem capacidade e conhecimento para economizar água”, diz Wei Peng, chefe de sustentabilidade da COFCO International. “Além de colaborar com nossos fornecedores para promover a eficiência da água no campo, temos uma oportunidade real de reduzir o uso de água em nossas operações industriais, simplificando os principais processos para reduzir o consumo de água doce e os custos operacionais”.

Inovar para economizar água

As indústrias do mundo representam quase 20% do uso de água doce, tornando as melhorias na eficiência da água industrial uma parte crítica da conservação da água. À medida que o clima muda, intensificando a pressão sobre o suprimento de água doce, as empresas precisam inovar para impulsionar a mudança.

Para cumprir sua nova meta de eficiência hídrica, a COFCO International está adotando uma visão aprofundada de seu uso global de água e priorizando iniciativas que proporcionam o maior impacto. Em particular, isso significa inovar sistematicamente para melhorar a eficiência onde o consumo de água da empresa é maior, incluindo plantas de processamento de cana e oleaginosas. Nessas instalações industriais, a empresa utiliza água para limpar matérias-primas e extrair óleo, além de equipamentos de refrigeração e limpeza. O vapor também é crítico para a evaporação e aquecimento nos locais de esmagamento de oleaginosas e produção de açúcar.

Na usina de açúcar de Potirendaba da COFCO International, no estado de São Paulo, a inovação em eficiência hídrica já está obtendo resultados positivos e deve proporcionar mais economia de água, à medida que a iniciativa se expande para mais duas usinas.

As informações são da Agência CMA.

Revisão: Gabriel Nascimento ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA