Café sobe em NY com recuperação técnica, mas não supera resistências

273

     Porto Alegre, 16 de julho de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta quinta-feira com preços mais altos.

     O mercado subiu em um movimento de ajuste e recuperação técnica após as perdas da sessão anterior. Entretanto, os ganhos foram limitados e a bolsa não conseguiu romper resistências, não conseguindo se aproximar mais da linha importante técnica e psicológica de US$ 1,00 a libra-peso. Assim, o mercado consolida-se neste patamar abaixo de 100 cents.

     A entrada de uma safra recorde no Brasil, com a colheita evoluindo sem problemas, pesa sobre as cotações. Além disso, não há a previsão de maiores riscos de frio intenso ou geadas sobre os cafezais brasileiros no curto prazo, o que poderia trazer altas por movimentos de precaução de fundos e especuladores.

     Os contratos com entrega em setembro fecharam o dia a 98,35 centavos de dólar por libra-peso, com alta de 1,15 centavo, ou de 1,2%. A posição dezembro fechou a 100,90 centavos, com valorização de 1,10 centavo, ou de 1,1%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA