Futuros do açúcar avançam em NY com reação técnica

288

     Porto Alegre, 22 de julho de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações mais altas.

    O mercado reagiu tecnicamente frente às perdas das últimas sessões, mas manteve estreitas margens de oscilação, com diferença de pouco mais de 20 pontos entre as mínimas e as máximas do dia e segue relativamente longe da linha de 12 centavos de dólar por libra-peso.

     O analista da consultoria SAFRAS & Mercado, Maurício Muruci, salienta que os futuros do açúcar não vêm acompanhando o otimismo de outros mercados com as notícias positivas em relação ao desenvolvimento de vacinas para a covid-19, uma evidência que o mercado está enfraquecido gráfica e tecnicamente.

    “A indefinição gráfica é originada tanto nos fundamentos baixistas da commodity pelo lado de volume de produção e estoques elevados da Ásia quanto pelo risco da segunda onda do Covid-19 levar a novas medidas internacionais de lockdown e desaceleração da demanda por commodities. Somente por estes dois vetores agentes internacionais, fundos de investimento e especuladores estariam naturalmente avessos a entrar comprados nos mercados de commodities”, disse Muruci.

     Os contratos com entrega em outubro/2020 encerraram o dia a 11,86 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,19 centavo (+1,62%) em relação ao fechamento anterior. A mínima do dia foi de 11,64 centavos, e a máxima chegou a 11,88 centavos.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA